ANUNCIE AQUI
INSTITUCIONAL
Home
Ellianna Teixeira
Expediente
Eventos
Galeria de Fotos
Vídeos
Fale Conosco
 
EDIÇÕES DO JORNAL
Edições Anteriores
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Flash da Cidade
Internacionais
Nacionais
Regionais
  - Brazópolis
  - Itajubá
  - Maria da Fé
  - Pouso Alegre
  - Santa Rita do Sapucaí
 
CLASSIFICADOS
Bares
Contabilidade
Cursos
Diversos
Empresas
Farmácia
Flores
Fotografia
Frios
Hotéis
Imobiliárias
Informática
Lan House
Locação
Locadoras
Lojas
Presentes
Restaurantes
Serviços
Supermercados
Veículos
Veterinário
 
REDES SOCIAIS
   
DIVINO PAI ETERNO
MÃOS ENSANGUENTADAS DE JESUS
PRECISA-SE DE VENDEDOR


O Jornal Informe e Ação está contratando vendedores para trabalhar na região do Sul de Minas.


Quer saber mais?
Entre em contato
(35) 99956-1464
(35) 98818-3391

ABRA SEU PRÓPRIO NEGÓCIO

Entre no site www.jornalitajuba.com.br

Quer saber mais?
Entre em contato
(35) 99956-1464
(35) 98818-3391

SUL DE MINAS
Itajubá
Marmelópolis
Cristina
Piranguinho
Delfim Moreira
Brazópolis
Paraisópolis
São Lourenço
Pedralva
São José do Alegre
Santa Rita do Sapucaí
Pouso Alegre
Maria da Fé
Piranguçú
Wenceslau Bráz
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Meninos presos em caverna na Tailândia estão saudáveis 04/07/2018
 
 
 
Meninos presos em caverna na Tailândia estão saudáveis
"Ele está magro", diz mãe de um dos meninos ao ver vídeo divulgado pela Marinha tailandesa. Grupo já começou a receber treinamento de mergulho, que será necessário para passar por trechos inundados da caverna.
Os 12 meninos e seu treinador de futebol presos em uma caverna na Tailândia estão em "bom estado de saúde", informou a Marinha tailandesa, que nesta quarta-feira (4) publicou um novo vídeo do grupo. Eles já começaram a receber treinamento de mergulho, que será necessário para passar por trechos inundados.

Após 9 dias de buscas, os meninos - com entre 11 e 16 anos - e treinador, de 25 anos, foram encontrados na noite de segunda-feira (2), por dois mergulhadores britânicos. Eles se abrigaram na caverna Tham Luang, no dia 23 de junho, e foram surpreendidos pela inundação provocada pelas fortes chuvas.
A Marinha afirma que, depois de comerem, todos foram examinados por um médico militar. Alguns receberam tratamento para erupções cutâneas e arranhões.

As autoridades não precisam quando eles serão retirados e como pretendem fazer isso já que um longo trecho de caverna, que fica no distrito de Mae Sai, perto da fronteira com Mianmar, permanece inundado.

No vídeo, gravado na terça-feira, 11 meninos fazem uma saudação, dizem seu nome e revelam dizem “estar bem de saúde". A Marinha não explicou porque o 12º menino e o treinador não gravaram suas mensagens. No primeiro contato que tiveram os mergulhadores, os meninos perguntaram quando sairiam de lá e disseram que estavam com fome.

Familiares permancem perto da entrada da caverna aguardando novidades sobre o resgate.

"Estou muito feliz. Ele está magro", afirmou Bew, que é mãe de um dos meninos, ao ver o vídeo exibido pelos socorristas em uma tela sob uma barraca.
Retirada difícil
O governador da província de Chiang Rai, Narongsak Osottanakorn, que coordena a célula de resgate, afirmou que uma retirada nesta quarta-feira seria "difícil" pois o nível da água dentro da caverna é elevado, apesar do grande sistema de bombeamento instalado.

"Devemos ter 100% de certeza no momento de decidir a operação", que poderia acontecer em vários grupos de crianças, completou.

Os socorristas já advertiram que não se precipitarão para retirar o grupo, pois eles deverão percorrer quilômetros sob a água.

O primeiro passo foi restabelecer a força, uma vez que os meninos ficaram dias sem comer. De acordo com a CNN, após receberem suplementos alimentares e vitaminas, eles comeram carne de porco grelhada, arroz doce e leite.

Treinamento de mergulho
Caso as equipes de resgate não localizem uma cavidade no teto da caverna, o grupo terá que percorrer pelo menos 2 km por espaços estreitos, incluindo vários trechos inundados.

De acordo com a France Presse e a CNN, o grupo já começou a ser treinado para mergulhar. Eles chegaram a colocar as máscaras de oxigênio, que vão precisam usar para sobreviver ao resgate, mas ainda não entraram na água.

Os socorristas salientaram que não pretendem se precipitar com a evacuação, que será complicada. Algumas das crianças não sabem nadar.

Um mergulhador veterano leva seis horas para percorrer essa distância, indicaram as equipes de resgate.

"Fazer mergulho em cavernas é muito técnico e perigoso, especialmente para mergulhadores iniciantes. Por isso, pode ser melhor ajudá-los na caverna até que possam ser removidos por outros meios", avaliou Anmar Mirza, coordenador da Comissão Nacional americana de Resgate Subterrâneo.

Cavidades no teto da caverna
As equipes de resgate detectaram vários poços na vertical da caverna. E nos últimos dias, a floresta foi desmatada perto de um deles para permitir o pouso de helicópteros visando uma possível evacuação por via aérea.

Mas, por enquanto, não foi provado que um desses poços esteja ligado ao trecho da caverna onde estão os meninos.

A opção principal continua sendo a entrada da caverna, onde técnicos, especialmente japoneses, trabalham para drenar a água. Quanto mais baixo o nível de água, menos as crianças terão que percorrer com equipamento de mergulho.

No entanto, quanto mais o tempo passa, maior o risco de novas inundações nesta temporada de monções no Sudeste Asiático.

 
Fonte: Redação / G1
 
NOTÍCIAS ANTERIORES  
 
04/12/2018
Depois de ser "devolvido" duas vezes, menino de 8 anos é adotado por casal de Brasília Enzo faz parte de um grupo de 6 irmãos; todos foram adotados separada...
04/12/2018
Segunda Turma do STF decide nesta terça-feira se concede liberdade a Lula Defesa do ex-presidente apresentou novo pedido após Sérgio Moro ser anunciado mini...
25/11/2018
A possível e surpreendente causa para o Alzheimer O mesmo vírus causador da herpes labial parece provocar danos no cérebro associados à forma mais comum de...
25/11/2018
Bolsonaro participa do segundo encontro com militares no fim de semana Presidente eleito almoça neste e domingo na Escola de Educação Física do Exército c...
24/11/2018
Futuro ministro diz que educação preservará valores tradicionais porque sociedade é "conservadora" Anunciado por Bolsonaro na quinta-feira, Ricardo Vélez ...
23/11/2018
Caso Daniel: IML diz que causa de morte de jogador foi facada no pescoço Perícia não conseguiu concluir se o jogador foi mutilado ainda vivo. Polícia Cient...
19/11/2018
O Salmo 38 é considerado um saldo de penitência e lamentação. Neste trecho das escrituras sagradas, Davi pede pela misericórdia de Deus mesmo sabendo que E...
19/11/2018
A ajuda de Deus no sofrimento Salmo de Davi. Em memória. 1 Ó Senhor Deus, não me corrijas quando estiveres irado! Não me castigues no teu furor. 2 As t...
14/11/2018
Desde 2000, número de professores de creches que fizeram faculdade passa de 11% para 66% do total Formação de professores acompanha maior valorização da e...
14/11/2018
Começa campanha de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya Ministério da Saúde iniciou os trabalhos nesta terça-feira (13). Segundo o...
+ NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTOS  
 
Facebook
 
Twitter
 
G1
 
Portal Terra
 
Inter Ney
 
Dicas L
 
Gmail
 
Yahoo
 
Hotmail
 
Charges
 
Humor Tadela
 
Caixa
 
Correios
 
Google
 
Humor Babaca
 
Blog do Madeira
 
Uol
 
Ponto Frio
 
Globo Esporte
 
Skype
 
Kboing
 
Baixa Ki
 
Ricardo Eletro
 
Mercado Livre
 
Net Shoes
 
Extra
 
Portal R7
 
Jogos Menina
 
Buraco
 
VTO
 
Savetone
 
Paraiso
 
DestinoShow
 
Big Farm
 
One Piece
 
Dafiti
 
Passagens
 
Jogos Barbie
 
Jogos Mário
 
337 Jogos
 
Banco Brasil
 
Jogos Zumbis
 
Empire
 
OGame
 
Desert
 
1 vs 100
 
Ikariam
 
WarGame
 
FOE
 
Youtube
 
waiBrasil Publicidade
 
Par Perfeito
 
Linkedin
 
Jia
 
Ponto Frio
 
Americanas
 
Lojas Edmil
 
Casas Bahia
 
Magazine Luiza
 
Mattos Calçados
 
Casa joka
 
A Mineira
 
Casa América
 
 
 
Publicidade
 
Nossos Contatos
(35) 99956-1464 - VIVO
(35) 98818-3391 - OI
redacao@jornalinformeeacao.com.br
jornalistaellianna@jornalinformeeacao.com.br
contato@jornalinformeeacao.com.br
eliana.teixeira@gmail.com
2018 ® Marca Registrada para Agência de Comunicação E. M. Teixeira Ltda. Todos os direitos reservados.