ANUNCIE AQUI
INSTITUCIONAL
Home
Ellianna Teixeira
Expediente
Eventos
Galeria de Fotos
Vídeos
Fale Conosco
 
EDIÇÕES DO JORNAL
Edições Anteriores
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Flash da Cidade
Internacionais
Nacionais
Regionais
  - Brazópolis
  - Itajubá
  - Maria da Fé
  - Pouso Alegre
  - Santa Rita do Sapucaí
 
CLASSIFICADOS
Bares
Contabilidade
Cursos
Diversos
Empresas
Farmácia
Flores
Fotografia
Frios
Hotéis
Imobiliárias
Informática
Lan House
Locação
Locadoras
Lojas
Presentes
Restaurantes
Serviços
Supermercados
Veículos
Veterinário
 
REDES SOCIAIS
   
DIVINO PAI ETERNO
MÃOS ENSANGUENTADAS DE JESUS
PRECISA-SE DE VENDEDOR


O Jornal Informe e Ação está contratando vendedores para trabalhar na região do Sul de Minas.


Quer saber mais?
Entre em contato
(35) 99956-1464
(35) 98818-3391

ABRA SEU PRÓPRIO NEGÓCIO

Entre no site www.jornalitajuba.com.br

Quer saber mais?
Entre em contato
(35) 99956-1464
(35) 98818-3391

SUL DE MINAS
Itajubá
Marmelópolis
Cristina
Piranguinho
Delfim Moreira
Brazópolis
Paraisópolis
São Lourenço
Pedralva
São José do Alegre
Santa Rita do Sapucaí
Pouso Alegre
Maria da Fé
Piranguçú
Wenceslau Bráz
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
"Ele destruiu nossa família", diz mãe de uma das vítimas de estudante de medicina suspeito de estupro 12/10/2021
 
 
 
"Ele destruiu nossa família", diz mãe de uma das vítimas de estudante de medicina suspeito de estupro
O estudante é suspeito de ter estuprado sete crianças. Ele foi intimado para depor, porém, o advogado não apresentou o cliente para ser ouvido. A defesa do rapaz afirma que ele não é considerado foragido.

A mãe de uma menina vítima de abusos sexuais em Teresina disse ao g1 que a família ficou destruída após a descoberta dos casos e contou que a menina tem dificuldade e medo de conviver com homens. A mãe da garota denunciou o ex enteado, um estudante de medicina de 22 anos, como suspeito dos crimes. Segundo ela, sua filha não foi a única vítima.

“Ele destruiu [nossa família], assim de uma forma que eu jamais, nem nos meus piores pesadelos eu pensei que estaria passando por isso. De você ver o seu pai, a sua mãe, todo mundo sem chão, sem saber o que fazer", declarou.

Estudante de medicina tem pedido negado e desiste de ação que exigia que mãe de vítima de estupro apagasse postagens
O estudante é irmão de duas das vítimas. Ele morava com a madrasta desde os 8 anos, quando ela se casou o pai dele e teve duas filhas. Os supostos abusos iniciaram com uma das primas, sobrinha da madrasta, quando ela tinha apenas 5 anos e ele 15 e duraram pelo menos mais cinco anos. Neste mesmo período, o ele também é suspeito de abusar das duas irmãs, uma de três e outra de 9, e de outra prima de 15 anos.

As denúncias à polícia foram feitas há pouco mais de um mês e desde então, a família luta para que ele seja preso.

“Teve gente que veio dar soluções mais ‘fáceis’. Eu disse que não, que ele vai pagar pela Justiça. [...] Eu tenho que ensinar para a minha filha, para o meu filho, e para as minhas sobrinhas que vale a pena você ir na Justiça, você defender. A polícia está aí e pode prender ele sim. Só existe um planeta Terra, não existe não. Ele está em algum lugar”, declara ela, que descobriu os abusos depois que sua filha tentou suicídio no último mês de julho.

Vítima tem medo de conviver com homens
Segundo a mãe, as primeiras mudanças percebidas na filha foi em relação à convivência com outras pessoas, principalmente com homens. “Ela conseguia conviver com as meninas, as minhas irmãs, primas, mas com os primos não. Com os primos ela não falava, não chegava perto, tinha medo, uma repulsa”, disse.

A garota, que antes adorava participar de apresentações de balé, passou a ter dificuldade em dançar em público. Além disso, a adolescente passou a se automutilar e teve o seu quadro de depressão agravado.

“Quando ela tinha cinco anos fazia balé e se apresentava nos palcos. Era muito bonito, alegre, normal. A partir dos sete anos, ela não conseguia mais se apresentar. Minha filha adquiriu essa timidez, não queria mais participar, se tinha alguma [apresentação], ela pedia para a professora tirá-la”, completou a mãe.

Automutilação e depressão
A mãe da jovem contou que o desempenho da filha na escola caiu. Além disso, ela passou a se automutilar e tentou praticar suicídio no primeiro semestre deste ano. “A gente via a automutilação, eram cortes bem evidentes, os braços tinham muitas cicatrizes”, relatou.

Quem chega à casa da família da garota vítima do estupro de vulnerável logo se depara com um quadro na sala da residência, que representa a adolescente, a mãe, o padrasto e o irmão mais novo. A pintura foi feita após uma foto da família registrada pelo estudante, suspeito dos abusos.

O rapaz era presente na vida da menina. Eles frequentavam os mesmos lugares e faziam até viagens juntos, em família.

Após a descoberta dos abusos, a mãe da vítima fez diversas publicações nas redes sociais pedindo a prisão do rapaz. Ela disse que o objetivo das publicações foi divulgar o rosto do suspeito, pois, segundo ela, se ele não for preso, não vai parar. Ele ainda não foi localizado e nem ouvido pela polícia e não é considerado foragido (veja detalhes abaixo).

“A postagem não foi para expor as crianças. Foi uma postagem para a sociedade saber quem era ele. Para a sociedade ajudar a prender ele, porque ele não vai parar. Se ele não for preso, ele não vai p
arar", disse
O caso está sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) em Teresina, capital do Piauí. E corre em segredo de justiça por envolver estupro de vulneráveis.

O delegado Marcelo Leal, coordenador provisório da Gerência de Delegacias Especializadas (GPE), informou que o estudante foi intimado para depor, porém, o advogado não apresentou o cliente para ser ouvido.

"A Polícia Civil não sabe onde está o estudante e como não há mandado de prisão contra ele, não temos garantia que o investigado possa sair do país. Ele já foi convocado para ser interrogado, mas ainda não compareceu, somente o advogado", informou.
A delegada Camila Miranda, titular da Delegacia de Proteção à Criança, é responsável pelas investigações do caso. Segundo o delegado, o inquérito está na fase de conclusão e assim que concluído será encaminhado para Justiça.

Defesa diz que ele não está foragido
O advogado Eduardo Faustino, que defende o jovem, disse ao g1 que o rapaz não é considerado foragido. O advogado explicou que, como ele está habilitado para responder os questionamentos da Justiça no lugar do cliente e o caso corre em segredo de justiça, o rapaz não precisa comparecer.

“Ele não é foragido. O fim da habilitação no processo é exatamente informar a presença do investigado no curso da investigação ou da instrução", explicou o advogado.

Ainda segundo Faustino, não há mandado de prisão contra o estudante. Ainda segundo a defesa, o rapaz tinha o direito de renunciar ao interrogatório. "O interrogatório é direito subjetivo, passível de renúncia".
 
Fonte: Redação / G1
 
NOTÍCIAS ANTERIORES  
 
17/01/2022
Média móvel nacional de novos casos conhecidos de Covid passa de 75 mil por dia, perto da pior marca da pandemia País tem 621.261 óbitos e 23.083.297 casos...
13/01/2022
Relatório da Human Rights Watch alerta para riscos de autocracias pelo mundo, mas aponta reação em defesa da democracia Organização de direitos humanos la...
13/01/2022
"Transformamos a história natural da Covid-19 com a vacina", diz novo presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia Em entrevista ao g1, o infectologista...
13/01/2022
Explosão da ômicron - como ela mudou a pandemia O tsunami de infecções provocada pela nova variante registra, dia após dia, recorde no número de casos: ...
13/01/2022
"Candida auris": o que é o "superfungo" que matou 2 pessoas e tem 3º surto no Brasil Pesquisadores listam diversos fatores de risco para o surgimento de infe...
13/01/2022
Polícia encontra corpo de jovem de 22 anos que desapareceu após ligar para o pai e contar sobre acidente Corpo de Kathia Oliveira foi achado dentro do Rio No...
13/01/2022
Fiocruz alerta para aumento de ocupação de leitos de UTI no Brasil Nota técnica divulgada nesta quarta (12) mostra que um estado e 4 capitais (Fortaleza, Re...
02/01/2022
Após surto de Covid, passageiros reclamam de horas de atraso para embarcar em navio MSC Preziosa Centenas de pessoas aguardam o embarque aglomerados em um bal...
02/01/2022
Hoje eu estou juntando os meus cacos (juntando os meus pedaços) foi tanta emoção, foi tanto amor, que eu vi indo embora dentro de um pedaço de pau, fechado,...
02/01/2022
...
+ NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTOS  
 
Facebook
 
Twitter
 
G1
 
Portal Terra
 
Inter Ney
 
Dicas L
 
Gmail
 
Yahoo
 
Hotmail
 
Charges
 
Humor Tadela
 
Caixa
 
Correios
 
Google
 
Humor Babaca
 
Blog do Madeira
 
Uol
 
Ponto Frio
 
Globo Esporte
 
Skype
 
Kboing
 
Baixa Ki
 
Ricardo Eletro
 
Mercado Livre
 
Net Shoes
 
Extra
 
Portal R7
 
Jogos Menina
 
Buraco
 
VTO
 
Savetone
 
Paraiso
 
DestinoShow
 
Big Farm
 
One Piece
 
Dafiti
 
Passagens
 
Jogos Barbie
 
Jogos Mário
 
337 Jogos
 
Banco Brasil
 
Jogos Zumbis
 
Empire
 
OGame
 
Desert
 
1 vs 100
 
Ikariam
 
WarGame
 
FOE
 
Youtube
 
waiBrasil Publicidade
 
Par Perfeito
 
Linkedin
 
Jia
 
Ponto Frio
 
Americanas
 
Lojas Edmil
 
Casas Bahia
 
Magazine Luiza
 
Mattos Calçados
 
Casa joka
 
A Mineira
 
Casa América
 
 
 
Publicidade
 
Nossos Contatos
(35) 99956-1464 - VIVO
(35) 98818-3391 - OI
redacao@jornalinformeeacao.com.br
jornalistaellianna@jornalinformeeacao.com.br
contato@jornalinformeeacao.com.br
eliana.teixeira@gmail.com
2022 ® Marca Registrada para Agência de Comunicação E. M. Teixeira Ltda. Todos os direitos reservados.